Observatório Político da CNM começa novo ranking de parlamentares municipalistas

Observatorio_Politico_zeradoCom a posse dos novos parlamentares e a escolha das novas mesas diretoras da Câmara e do Senado, na última sexta-feira, 1º de fevereiro, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) zerou as informações do ranking do Observatório Político. A ferramenta tem o escopo de identificar e classificar os deputados federais e senadores com o perfil municipalista, ou seja, os que atuam em consonância com os interesses dos Municípios.

“Trata-se de um levantamento que avalia o voto dos deputados e senadores em matérias de interesse da sociedade e dos Municípios, em particular. O Observatório Político fornecerá aos prefeitos informações seguras sobre as proposições mais relevantes e polêmicas desta legislatura para a gestão municipal”, explica o presidente da CNM, Glademir Aroldi.

O Observatório seleciona temas que levam em consideração o impacto sobre os Municípios e as relações federativas por ocasião da apreciação no Congresso Nacional. São, portanto, projetos que tratam de políticas públicas, tanto de caráter regulatório quanto redistributivo, que afetam direitos e interesses dos gestores municipais e, naturalmente, dos munícipes.

Como funciona
A atuação dos parlamentares é avaliada por meio de dois parâmetros: as votações de proposições de alta relevância para os Municípios; e as ações realizadas pelo parlamentar que impactem, de forma positiva ou negativa, o andamento ou o resultado dessas votações. Cabe destacar que os critérios metodológicos adotados são de natureza quantitativa e são baseados tão e exclusivamente na atuação dos parlamentares no Congresso.

A CNM ressalta que os resultados apresentados por meio do Observatório Político não estão relacionados à idoneidade, ao caráter ou a competência técnica dos parlamentares, assim como se limita a avaliar a votação dos parlamentares relacionada, única e exclusivamente, às proposições em tramitação de alta relevância para os Municípios.

Além disso, os dados de votação utilizados neste Observatório são extraídos do Portal da Congresso Nacional, nos sites da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. O perfil tem por base fontes de domínio público, inclusive oficiais, como o Repertório Biográfico publicado pela Câmara e o Senado. As informações sobre bases eleitorais e votações foram fornecidas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Por: Mabília Souza
Foto: Reprodução Observatório Político / CNM
Da Agência CNM de Notícias